Defesa Civil reconheceu no último dia 12 de março de 2018 o “Estado de Emergência”.
Publicado em: 14/03/2018 ás 13:00:00 Autor: Eliel Kuss Fonte: Comunicação

A Defesa Civil reconheceu o Estado de Emergência em Novo Mundo.

O Prefeito Antonio Mafini, estabeleceu no dia 07 de fevereiro de 2018 o seguinte Decreto nº 015/2018:

“Declara Situação de Emergência nas áreas do município afetadas por tempestades locais / convectiva – chuvas intensas”.

 

CONSIDERANDO:

 I – AS INTENSAS CHUVAS QUE ASSOLAM A REGIÃO, QUE ESTÃO INTERROMPENDO E DESTRUINDO O TRÁFEGO NAS VIAS VICINAIS COM O DESMANTELAMENTO DAS ESTRADAS RURAIS, PONTES E BUEIROS PREJUDICANDO O ACESSO DA POPULAÇÃO RURAL A SEDE DO MUNICÍPIO.

 

 II - QUE, EM QUE PESE TODOS OS ESFORÇOS REALIZADOS ATÉ A PRESENTE DATA PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, AS TORRENCIAIS CHUVAS TEM COMPROMETIDO A APTIDÃO DO MUNICÍPIO EM SOLUCIONAR AS OCORRÊNCIAS, EXAURINDO A CAPACIDADE FÍSICA-ESTRUTURAL NO ATENDIMENTO AS DIVERSAS OCORRÊNCIAS, CORROBORADO PELA EXTENSA MALHA VIÁRIA.

 

III - OS EVENTOS QUE VEM OCORRENDO, RELACIONADOS ÀS INTENSAS CHUVAS, OCASIONANDO QUEDA DE PONTES E BUEIROS E OUTRAS INTERCORRÊNCIA ORIUNDAS DESTE FATO, COMPROMETENDO O PATRIMÔNIO PÚBLICO, COM DANOS E DEMASIADO SACRIFÍCIO DA POPULAÇÃO LOCAL, ESPECIALMENTE A RURAL, COM RELEVANTES PREJUÍZOS ECONÔMICOS E SOCIAIS.

 

IV - QUE O PARECER DO COMDEC (COORDENADORIA MUNICIPAL DE DEFESA CIVIL), RELATANDO A OCORRÊNCIA DESTE DESASTRE É FAVORÁVEL À DECLARAÇÃO DE SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA.

 

O decreto veio devido a Situação de Emergência, diante dos danos, prejuízos, perdas, transtornos e caos causados pelas fortes chuvas que assolaram todo o território municipal.

A intensidade das chuvas provocou rapidamente o aumento do volume de água nos rios, riachos e córregos nas imediações do perímetro urbano e também nas comunidades do interior na zona rural.

A Defesa Civil registrou transbordamentos e alagamentos em vários pontos e regiões com a enxurrada adentrando as casas, pastos, destruição de pontes, bueiros, corte de estradas com abertura de crateras, enormes erosões, alagamentos de rodovias além do grande prejuízo aos produtores rurais no momento da colheita da soja.

Após empenho do prefeito Toni Mafini e o vice prefeito Munaro a Defesa Civil reconheceu no último dia 12 de março de 2018 o “Estado de Emergência”, assim tão logo as chuvas cessarem terá inicio a recuperação das áreas atingidas.

Mafini descreveu que através do reconhecimento de emergência, Novo Mundo receberá auxilio financeiro do governo federal para realizar a maioria dos serviços necessários, será possível aos produtores que tiveram grandes prejuízos na colheita da soja a renegociação junto ao banco seus empréstimos, conseguindo maior prazo e flexibilidade.

O prefeito Mafini afirmou que durante o ano de 2017 foram realizadas a recuperação de todas as estradas do município e que 2018 não será diferente.

Segundo o vice-prefeito Munaro os trabalhos estarão voltados à recuperação de estradas, pontes e bueiros destruídos pelas fortes chuvas.

“Estamos aguardando o início da estiagem para iniciar o trabalho definitivo, no momento estamos apenas realizando alguns serviços emergenciais, pois com as chuvas constantes é impossível realizar um trabalho de qualidade. É necessário ter paciência, porém estamos atentos e assim que o tempo firmar estaremos com toda equipe realizando um grande trabalho”.

Notícias relacionadas

23/04/2018

CRAS realizou festival de máscaras para crianças nesta segunda dia 23 de ...

Visualizar Notícia

20/04/2018

Termina dia 05 de maio o prazo para regularização do título eleitoral

Visualizar Notícia

18/04/2018

PREFEITURA DECRETA LUTO OFICIAL

Visualizar Notícia

15/03/2018

Prefeitura realiza parceria para regularização fundiária urbana de Novo ...

Visualizar Notícia