Publicado em: 30/07/2012 ás 10:06:20

O governo federal conseguiu finalizar, até junho deste ano, 29,8% das ações da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) previstas até 2014, o que corresponde a investimentos de R$ 211 bilhões – 84% a mais que o registrado em igual período de 2011. Os dados são do quarto balanço do programa, divulgado nesta quinta-feira (26) pelo Ministério do Planejamento.

 

Apenas o Eixo Minha Casa, Minha Vida concluiu empreendimentos no valor de R$ 129,3 bilhões. Na segunda fase do programa, foram contratadas mais de 799 mil unidades habitacionais. Segundo o Planejamento, o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo realizou 661 mil contratos para a construção, aquisição ou reforma de moradias e 564 empreendimentos de urbanização em assentamentos precários foram concluídas.

 

Já no Eixo Transportes foram investidos R$ 24,4 bilhões para a conclusão de 909 quilômetros de rodovias, empreendimentos em 16 aeroportos e em 12 portos brasileiros. Entre as ações de destaque estão a construção do Módulo Operacional 2, no aeroporto de Brasília (DF), e a restauração das pistas de pouso e decolagem do aeroporto de Curitiba (PR). O PAC 2 já aumentou a capacidade dos aeroportos brasileiros em 8,4 milhões de passageiros por ano. As obras de dragagem nos portos de Fortaleza, Natal e Santos também estão prontos.

 

O governo federal investiu R$ 2 bilhões no Água e Luz Para Todos. “Mais de 286 mil famílias em todo o Brasil passaram a contar com luz elétrica. Foram concluídos 383 empreendimentos para melhorar o abastecimento de água nos grandes centros urbanos. E em recursos hídricos, destacam-se a conclusão da Adutora do Oeste (PE) e 35 empreendimentos de esgotamento sanitário e recuperação ambiental nas bacias dos rios São Francisco e Parnaíba. O projeto de Integração do Rio São Francisco também se destaca devido à recuperação do ritmo das obras nos eixos Norte e Leste, com a mobilização de 2.300 trabalhadores”, informou o Ministério do Planejamento.

 

Mobilidade Grande Cidades

 

Para desafogar o trânsito nas grandes e médias cidades brasileiras e nas principais capitais do país, o PAC Mobilidade Grande Cidades selecionou 43 empreendimentos, beneficiando 51 municípios. São R$ 32,7 bilhões destinados à construção de metros, em Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Fortaleza, Salvador e Região Metropolitana do Rio de Janeiro, além de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) e corredores de ônibus.

 

E, para as cidades com população entre 250 e 700 mil habitantes, foi aberto o processo de seleção do PAC Médias Cidades, que prevê financiamento de R$ 7 bilhões para melhorias na infraestrutura, incluindo aquisição de equipamentos para modernizar os sistemas de transporte e beneficiar a população nas cidades de médio porte.

Notícias relacionadas

14/11/2023

Conheça as nossas candidatas a MISS NOVO MUNDO 2023

Visualizar Notícia

17/08/2023

A Secretaria Municipal de Saúde de Novo Mundo entregou novos uniformes aos...

Visualizar Notícia

14/09/2022

CONVITE DE AUDIÊNCIA PÚBLICA

Visualizar Notícia

05/10/2021

NOVO MUNDO: SECRETARIA DE SÁUDE OFERECE ATENDIMENTO ESPECIALIZADO PARA CRI...

Visualizar Notícia